Flora Matos no Opinião

Negra Jaque e Dona Maria MC completam a noite das mulheres do rap

Música

17 de janeiro de 2019

Flora Matos, uma das principais representantes da nova geração do rap nacional, se apresenta mais uma vez em Porto Alegre, no dia 17 de janeiro, com um novo show do disco “Eletrocardiograma”. Além de trazer as faixas que causaram um grande boom entre seus admiradores, a cantora vai contar com duas convidadas especiais para a abertura da noite. Negra Jaque e Dona Maria MC, rappers gaúchas que estão dando o que falar na Internet desde que os seus trabalhos debutaram em todas as plataformas digitais, sobem ao palco para evidenciar a força da mulher no hip hip brasileiro. Negra Jaque terá a companhia da revelação Dona Maria, que está pronta para mostrar o repertório do seu primeiro trabalho de estúdio, chamado “Quarenta Dias no Deserto”, com destaque para as faixas “Cheguei na Cena” e “Confronte-se”. Concebendo as suas músicas de forma totalmente independente, Negra Jaque e Dona Maria vão passear por todas as vertentes do hip hop, indo do trap ao boombap, sempre abrindo espaço para rimas que muito bem representam as mulheres e criticam todo o preconceito da nossa sociedade.


NEGRA JAQUE
 
Em 2013, quando foi consagrada a primeira mulher a vencer a Batalha do Mercado, em Porto Alegre, Negra Jaque deu início à sua carreira de cantora com a gravação do seu primeiro EP, chamado “Sou”. A artista, moradora do Morro da Cruz, na periferia da capital gaúcha, é também ativista do movimento negro e do movimento feminista.

Como mulher negra, leva a sua bandeira a todas as comunidades por onde passa, não só com as suas rimas, mas também com a sua história dentro do rap. Negra Jaque também é produtora da Feira de Hip Hop de Porto Alegre. Compositora de todas as suas músicas, Jaque ressalta a força das mulheres, na conquista do seu espaço, em todas as suas letras.

Em abril de 2018, lançou o seu segundo EP, chamado “Deus que Dança”. Com faixas próprias e várias parcerias, o disco foi produzido de forma independente e contou com a presença dos instrumentais de Jean Brasil, Jon Boss, Proofilles (Moçambique), Mike Maidana e com a mixagem de Narrador Kanhanga (Angola). Todas as canções de Negra Jaque estão disponíveis no seu canal no Youtube, assim como os videoclipes de “Deus que Dança” e “Balanço”.
 
DONA MARIA MC
 
Natalya Carvalho Marques, jovem artista de 22 anos nascida em Porto Alegre, dirige o projeto Dona Maria MC, no qual ela é rapper, cantora, compositora e empresária. A ideia surgiu no fim de 2016, com a sua primeira apresentação na ocupação promovida pelos estudantes no Campus do Vale, da UFRGS. Depois disso, participou de uma batalha de slam, em que foi a grande vencedora, e as coisas começaram a fluir rápido.

A cantora foi integrante do coletivo Rap4Love e, junto dessa crew, tocou em vários rolês de Porto Alegre, abrindo para Flora Matos e Lívia Cruz. No fim de 2017, decidiu seguir em carreira solo, lançando o seu primeiro single, chamado “Cheguei na Cena”. A faixa, com a produção de Jay Gueto e Gabriel Caxopa, bombou na Internet e chamou a atenção para aquela que seria a sua segunda canção, “Confronte-se”, cujo videoclipe foi dirigido por Gabriel Xavier, da Take Independent.

Com uma parceria com a Gueto Anonimato Records, Dona Maria MC recentemente finalizou a produção do seu primeiro disco, chamado “Quarenta Dias no Deserto”. As faixas do álbum, que vão do boombap de mensagem ao trap ostentação, está disponível na íntegra nas plataformas digitais, como o Youtube, mostrando a diversidade das suas tracks, prontas para peitar a cena machista que é o rap nacional.

“Quarenta Dias no Deserto” conta com as participações especiais do grupo Viralataz e do trapper Ghost, reunindo ainda referências que vão de Tássia Reis, Flora Matos, Bivolt, Don L, Marechal, Emicida, Criolo e Mano Brown a Cacife Clandestino, Cynthia Luz e WC no Beat. Com o seu primeiro registro completo, Dona Maria tem como meta representar todas as mulheres nos palcos pelo Brasil, se posicionando contra o preconceito e levando esperança através das suas músicas.

SERVIÇO

FLORA MATOS
 
Abertura:
Negra Jaque e Dona Maria MC
DJ’s:
Nitro Di e DJ Ninja
Onde:
Opinião (Rua José do Patrocínio, 834)
Quando:
17 de janeiro, quinta-feira, a partir das 23h
Abertura da casa:
21h30
Classificação:
16 anos
 

Valores e disponibilidade são responsabilidades dos produtores

Ingressos:
 
Lote 1:
Promocional (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 45
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 40
Inteira: R$ 80
 
Lote 2:
Promocional (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 55
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 50
Inteira: R$ 100
 
Lote 3:
Promocional (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 65
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 60
Inteira: R$ 120
 
Lote 4:
Promocional (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 75
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 70
Inteira: R$ 140
 
* Os alimentos deverão ser entregues no Opinião, no momento da entrada ao evento.
** Para o benefício da meia-entrada (50% de desconto), é necessária a apresentação da Carteira de Identificação Estudantil (CIE) na entrada do espetáculo. Os documentos aceitos como válidos estão determinados na Lei Federal 12.933/13.
 
Demais descontos:

* 50% para idosos: Lei Federal 10.741/03 – obrigatória apresentação de identidade ou documento oficial com foto
* 50% para jovens pertencentes a famílias de baixa renda: Lei Federal 12.933/13 – obrigatória apresentação da Carteira de Identidade Jovem e de documento oficial com foto
* 50% para pessoas com deficiência (e acompanhante quando necessário): Lei Federal 12.933/13  – obrigatória apresentação do Cartão de Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social da Pessoa com Deficiência ou de documento emitido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS)
 
Pontos de venda:
 
Bilheteria oficial (sem taxa de conveniência – somente em dinheiro): 
Multisom Bourbon Wallig
 
Demais pontos de venda (sujeito à cobrança de R$ 5 de taxa de conveniência – somente em dinheiro):
Multisom Porto Alegre: Shopping Praia de Belas, Iguatemi, Bourbon Ipiranga, Barra Shopping Sul, Shopping Total e Andradas 1001
Multisom Região Metropolitana: Bourbon São Leopoldo, Bourbon Novo Hamburgo, Park Shopping Canoas e Canoas Shopping

Compartilhe
GALERIA DE FOTOS