Espetáculo de circo encerra a V Mostra de Artes Cênicas e Música do Teatro Glênio Peres 2019

Artes Cênicas

Evento gratuito

06 de dezembro de 2019 e 07 de dezembro de 2019

"Corpo Inquieto" integra técnicas de equilibrismo e de manipulação de objetos com dança e as memórias pessoais do artista criador, Vinícius Zucatti

 

Nesta sexta e sábado (06 e 07) de dezembro ocorre o fechamento da V Mostra de Artes Cênicas e Música do Teatro Glênio Peres, na ocasião, o espetáculo de circo "Corpo Inquieto" sobe ao palco com entrada franca.

Integrando técnicas de equilibrismo e de manipulação de objetos, com dança e as memórias pessoais do artista criador, Vinícius Zucatti , o espetáculo reflete sobre os desejos de fuga do homem para um projeto de vida autêntico, alegre e rico de sentidos. Na peça há um jogo de construção e desconstrução do cenário. Esse jogo de movimento corporal e manipulação de objetos forma uma linha narrativa composta também pelas experiências do malabarista performer, Vinicius Zucatti, que viajou por cinco anos residindo em oito países da América Latina. Como resistir aos desafios da adaptação e a instabilidade da vida? É a pergunta que a peça busca provocar.

 O espetáculo trabalha na perspectiva do circo contemporâneo. Na contemporaneidade o corpo do malabarista ganha um novo significado na sua relação com o objeto. Não tem manipulação. Tem "negociação" com o objeto. O objeto não pode ser plenamente manipulado porque ele impõe ao malabarista, condições para ser usado: afinal, quem manipula quem? O corpo está ativo e não é mais possível pensar no objeto como manipulado e sim em relação. A partir desse entendimento, o malabarista substitui, os números clássicos do circo para se confrontar e se arriscar em um ambiente repleto de caixas.

A mostra tem entrada franca com distribuição de convites antecipada e limitada!

-> Distribuição de convites a partir do dia 03/12 (terça-feira) na Seção de Memorial da Câmara Municipal das 9h às 17h e no sábado, somente 30 minutos antes do espetáculo, quando houver disponibilidade. Importante garantir o convite antes dos dias das apresentações.

 

Vinicius Zucatti é artista circense e produtor . Graduando em Produção Cênica pela Faculdade Monteiro Lobato; Coordenador do Colegiado Setorial de Circo e membro da diretoria da Associação de Circo do RS. Participou como jurado da Mostra Competitiva do Festival Internacional de Circo de SP - FIC 2019. No período de 2013 à 2017 itinerou por 8 países e diversos estados do Brasil realizando performances e espetáculos circenses. Autor do espetáculo "Vini Vini Circo Show "(2016), que realizou no RS apresentações no Festival FESTIA (2019), no projeto Cirquintana (2018), no Teatro SESC Passo Fundo (2018) entre outros. Em Porto Alegre integrou elenco dos seguintes espetáculos: "Misto Quente" (2019), "Suspensão" (2019), "Dalí Circo" (2018) e "Circo na Estrada" (2018).

Eduardo Severino é coreógrafo, bailarino e professor. Fundador em 2000 da Eduardo Severino Companhia de Dança ao lado de Luciano Tavares. Entre os espetáculos que atuou e/ou coreografou estão: "Tempostepegoquedelícia"; (2012), "Bundaflor, Bundamor"; (2008) e "Lixo, Lixo Severino" (2002). Recebeu o Açorianos de Dança como intérprete por "IN/compatível?"(2005) e como coreógrafo pelo mesmo trabalho e também pela "A Mão Mansa do Afeto";(2003). Foi agraciado pelo Prêmio Braskem Em Cena 2010 como melhor Bailarino pelo trabalho Ser Animal do espetáculo "Dar Carne à Memória", de Eva Schul.

 

Ficha técnica

Concepção: Vinícius Zucatti e Michele Rolim

Atuação: Vinícius Zucatti

Direção e coreografia: Eduardo Severino

Cenografia: Luis Cocolichio

Iluminação: João Batista Machado Freire

Figurino: Anderson Luiz de Souza

Trilha Sonora: Driko Oliveira

Material Gráfico: André Varela

Fotografia: Ademar Jr.

Produção: Michele Rolim e Vinicius Zucatti

 

SERVIÇO

Corpo Inquieto

Datas: 6 e 7 de dezembro 2019, sexta-feira e sábado

Horário: 19h

Local: Teatro Glênio Peres (Av. Loureiro da Silva, 255)

 

Valores e disponibilidade são responsabilidades dos produtores

Quanto: Entrada franca

Compartilhe