Banda Tess retorna a Porto Alegre com apresentação de rock sinfônico

Música

27 de junho de 2019

Não é um show, mas a chegada do Atlas Bartholomeu em Porto Alegre, trazendo uma mistura contemporânea de rock com música erudita.

Depois de uma travessia oceânica em águas profundas, singrando tormentas e calmarias, o capitão atraca sua embarcação dia 27/06 no Bar Ocidente, um dos lugares mais emblemáticos da cena portoalegrense, para uma noite de arte e reflexões sobre a nossa própria existência.

Atlas Bartholomeu  vem acompanhado da banda gaúcha TESS, radicada há 6 anos em São Paulo, e que conta com nomes conhecidos do grande público: o vocalista e guitarrista Daniel Tessler (Os Efervescentes), o baixista Eduardo Barretto (Os Efervescentes), o tecladista Pedro Pelotas (Cachorro Grande) e o baterista Rafael Garga (da banda paulista Leela).

Com uma proposta ousada e criativa, a noite apresenta uma mistura surpreendente entre os elementos do rock com os da música erudita: violoncelo, violino, viola, clarinete, oboé, saxofone, trombone, trompete, cravo e piano, comandados pelos músicos Rodrigo Alquatti (OSPA), Julio Rizzo (OSPA), Rodrigo Siervo (Orquestra de Sopros), Alexandre Birck (Graforréia Xilarmônica) e Renato Dall Ago (Banda Marcial São João).

A noite no Bar Ocidente é um grande convite para o universo do Capitão Atlas Bartholomeu, que será representado também com uma exposição do fotógrafo Ricardo Lage, e uma sessão de Live Painting do artista plástico Gus Bozzetti.

 

ATLAS E O PÊNDULO NA VERDADE SOBRE O NÃO DITO

Terceiro disco da banda TESS, lançado em 2017 pelo 180 Selo Fonográfico, é resultado de uma grande reflexão e um despertar interior do artista Daniel Tessler. A obra conta a história de um pirata do século XVII em conflito com a sua própria existência e que dá início a uma busca pela sua essência, com um olhar mais generoso sobre si.

 

TESS @tessoficial

Radicada em São Paulo desde 2013, a TESS traz em seu DNA toda a bagagem do músico Daniel Tessler, vocalista e guitarrista da banda Os Efervescentes. Com forte influência da invasão britânica e de toda a cena MOD da ‘Swingin London’ dos anos 60, a TESS tem como referência bandas como Beatles, The Who, Mutantes, Kasabian, entre outras. Além disso, busca novos caminhos com a música erudita misturada ao rock atual.

 

A banda foi formada em 2013, a partir do lançamento do primeiro disco “TESS”, com produção de Raul Albornoz (Mallu Magalhães, Armandinho) e Vini Tonello (Rosa Tattooada). Depois gravou o EP “Multicolor Movietone” (2015) com quatro canções e produção de Edu K (De Falla) e o single “Não Quero Mais Me Desculpar“, gravado e mixado em São Paulo, com produção de Daniel Tessler e Gabriel Guedes (Pata de Elefante).  

 

 Além disso a TESS também tem dois clipes, Sempre Junto (2013) gravado com direção de Ricardo Lage, e Poder Cantar (2015) gravado com a produtora Organismo Filmes, e uma turnê internacional pela Europa e Argentina, tocando em lugares emblemáticos da história do rock, como o Cavern Club em Liverpool.

SERVIÇO

TESS

Abertura: Black Sabão  

QUANDO: 27 de junho (quinta) de 2019.

23 horas - A casa abre às 21 horas.

 

ONDE:  Ocidente – João Telles esq. Osvaldo Aranha

Valores e disponibilidade são responsabilidades dos produtores

Ingressos: R$30,00 (trinta reais)

Compartilhe