20 de novembro de 2020

Dia da Consciência Negra

Compilamos 22 lançamentos e eventos de artistas negras do RS. Confira!

Artes Cênicas

Às vésperas do Dia da Consciência Negra, o racismo faz mais uma vítima, bem debaixo dos nossos olhos. Na noite de quinta-feira, 19, João Alberto Silveira Freitas, um homem negro de 40 anos, foi morto por agressão no supermercado Carrefour localizado no bairro Passo D’Areia, em Porto Alegre. Segundo apurou o Sul21, as circunstâncias do assassinato estão sendo apuradas pela Polícia Civil. 

No Brasil, último país do ocidente a - vergonhosamente, abolir a escrivão no longínquo ano de 1888, celebra-se, nesta sexta-feira, 20 de novembro, o dia da Consciência Negra. O Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra foi instituído oficialmente pela Lei nº 12.519, de 10 de novembro de 2011. A data faz referência à morte de Zumbi, o então líder do Quilombo dos Palmares – situado entre os estados de Alagoas e Pernambuco, na Região Nordeste do Brasil. Zumbi foi morto em 1695, na referida data, por bandeirantes liderados por Domingos Jorge Velho. Atualmente existe uma série de estudos que procuram reconstituir a biografia desse importante personagem da resistência à escravidão no Brasil.

De lá pra cá, muita coisa mudou, mas, ainda, muitas outras precisam mudar, vide o assassinato de Beto, o João Alberto, na noite passada. Em junho deste ano, diversos protestos antirracistas tomaram as ruas em todo mundo, desencadeados pela morte de George Floyd, homem negro que foi morto quando estava sob custódia policial em Minneapolis, EUA, no dia 25 de maio. As pessoas foram às ruas demonstrando categoricamente a insatisfação sobre o tratamento policial em relação a minorias étnicas. No Brasil não foi diferente. Em um protesto realizado em São Paulo no dia 07 de junho, a cantora e dj gaúcha Saskia (@salnasalada) sofreu uma agressão brutal durante uma repressão violenta da Polícia Militar.

Histórias como a de Beto, Saskia e George se acumulam ao redor do mundo, inclusive aqui no RS. Já estamos há sete meses sem Gustavo Amaral. Jovem, negro, engenheiro elétrico, assassinado por um policial da BM, em Marau, absolvido por “legítima defesa imaginária”. Mais um crime que escancara o racismo estrutural que mata nossa negritude. 

Em 2018, ao eleger abertamente o racista Jair Bolsonaro (sem partido), o povo brasileiro mostrou que pouco aprendeu com a sua história. Porém, nas eleições municipais deste ano, talvez esteja se desenhando o nascimento de uma nova realidade. Recém passado o primeiro turno das eleições municipais, o cenário na Câmara de Vereadores de Porto Alegre será outro. O sentimento é de renovação, com 16 novos candidatos eleitos, representando 44% do parlamento municipal da Capital. Como apurou o Sul21, o crescimento da representatividade feminina e de pessoas negras é um dos mais importantes resultados da eleição deste ano. A partir de 2021, serão 11 mulheres com assento na Câmara. Atualmente, são apenas quatro mulheres.

Junto a isto, neste ano, um homem negro, Jeferson Tenório, é o patrono da Feira do Livro de Porto Alegre, evento tradicional na Capital. Inspiradas na urgência do Dia da Consciência Negra e no clima de renovação com as eleições, acreditando no poder de transformação da cultura, garimpamos várias obras da literatura, música, artes cênicas, cinema e demais áreas, produzidas por pessoas negras no país, especialmente no RS, nos últimos meses - de quebra, montamos uma agenda com a programação cultural para celebrar a data. Confira. 

AGENDA

  • Música | Agnes Maria lança novo clipe nesta sexta-feira, 20, às 20h, em seu canal no Youtube
  • Música | Samba de Dandara convida Graça Braga e Raquel Tobias

Samba de Dandara Convida Graça Braga e Raquel Tobias nesta sexta (20), 19h. Esta roda de samba foi especialmente criada para celebrar o Dia da Consciência Negra. Graça Braga e Raquel Tobias são duas das mais importantes intérpretes e compositoras negras de São Paulo. O projeto carrega em seu nome o peso e a inspiração de Dandara, mulher negra, guerreira e referência histórica na luta contra a escravização.
Assista em: https://www.youtube.com/sescsp 

 

  • Música |  Emicida faz live solidária em prol do 'Natal sem Fome' 

Para arrecadar ainda mais doações para o Natal Sem Fome, celebrar o Dia da Consciência Negra e rememorar a luta e resistência de Zumbi dos Palmares, a Ação da Cidadania e o rapper Emicida promovem em conjunto uma live especial. A apresentação do artista acontece nesta sexta (20), às 20h, com transmissão através dos canais do Youtube tanto da entidade quanto do cantor.

Assista em: https://www.youtube.com/watch?v=WW_Ypce_WoQ&feature=youtu.be 

 

  • Música |  Consciência com Melodia (Seu Jorge, Orochi, Xamã, Agnes Nunes e mais) 

No dia da Consciência Negra, um tributo a Luiz Melodia com as participações de Seu Jorge, Orochi, Xamã, Agnes Nunes, Toni Garrido, Mahal Reis, Zé Ricardo, e Priscila Tossan.

Assista em https://www.youtube.com/watch?v=3Ui9jfyzOzk&feature=youtu.be 

 

  • Música | Festival de Música Zilah Machado celebra o Dia da Consciência Negra

A Coordenação de Música da Secretaria Municipal da Cultura (SMC) promove no Dia da Consciência Negra o Festival de Música Negra Zilah Machado. A ação é um reconhecimento da relevância de dona Zilah Machado como uma artista precursora, representativa e muito importante para a música da Capital e do Estado. O evento será transmitido direto do Teatro Renascença, na página da Coordenação de Música, a partir das 18h desta sexta-feira, 20. Participam do festival Valeria Barcellos, Afroentes, Grupo de Choro Villa- Lobos e Glau Barros. A apresentação fica no comando de Negra Jaque, coordenadora de Música da SMC.
Saiba mais clicando aqui.

 

  • Música | 50 Tons de Pretas lançam primeiro álbum com live

Quando Dejeane Arruée e Graziela Pires decidiram criar a banda 50 Tons de Pretas, talvez não vislumbrassem em seu horizonte o tamanho do sucesso que viria em tão pouco tempo. No entanto, já tinham a percepção de que estavam criando algo transformador, pulsante e representativo.

Passados três anos, elas apresentam seu primeiro disco, Voa, nos formatos digital e físico, com live de lançamento nesta sexta (20/11), às 20h, pelo YouTube.

Saiba mais clicando aqui.

  • Cinema | Cine África celebra independência de Angola com cinco documentários na plataforma Sesc Digital

A partir do dia 11 de novembro (quarta-feira), dia em que Angola celebra o 45º aniversário de sua independência, o Cine África se une à produtora audiovisual angolana Geração 80 para exibir gratuitamente os documentários do projeto Esta é a Nossa Memória. Os cinco filmes fazem parte de uma iniciativa da Associação Tchiweka de Documentação chamada "Angola - Nos Trilhos da Independência", que estimulou a produção de memórias sobre este marco histórico do país.

As exibições no Brasil contam com o apoio da Mostra de Cinemas Africanos e do Sesc São Paulo e ficam disponíveis até o dia 2 de dezembro de 2020 (quarta) em sescsp.org.br/cineafrica.

Saiba mais clicando aqui.

  • Artes Cênicas | Espetáculo afrocentrado “Ubuntu Resiste” acontece neste domingo

O espetáculo Ubuntu Resiste tem apresentação única neste domingo (22/11), às 19h. O texto se constrói com discussões sobre racismo, empoderamento e ancestralidade no (des)enquadramento do Zoom Meetings.

A peça conta com a criação e a atuação de Hayline Vitória, Matheu Corrêa, Maurício Alves e Tainã Rosa. A partir de músicas, poemas, rap’s e cenas dramáticas dirigidas coletivamente, os artistas desenvolveram cenas que compõem uma narrativa potente e repleta de reflexões.

Ingressos: https://www.sympla.com.br/espetaculo-ubuntu-resiste__1045912 

  • Grupo Pretagô promove quarta edição do projeto CenaContra-Colonial com Vera Lopes - 24/11 às 19h

Atriz de teatro e cinema, Vera tem na carreira trabalhos marcantes como “Hamlet Sincrético”, “O Dia em que Dorival encarou a Guarda”, “Neto Perde sua Alma” e "O Caso do Homem Errado”. Além de vários outros importantíssimos trabalhos para a história da performatividade negra brasileira, é uma das fundadoras do Grupo de Teatro Caixa Preta, bacharel em Direito e gestora do Espaço de Humanidades Ossos 21 em Salvador.

Assista ao vivo no youtube.com/grupopretago às 19h da terça 24/11.

 

  • Cura – 1ª Mostra de Artes Cênicas Negras de Porto Alegre

Idealizada pela jornalista Silvia Duarte e pelo ator e diretor Thiago Pirajira, a CURA – 1ª Mostra de Artes Cênicas Negras de Porto Alegre oferecerá ao público um panorama das artes cênicas local. A iniciativa ocorre de 2 a 7 de dezembro e dará acesso gratuito a toda à programação, composta por espetáculos de teatro, dança, música e performances interativas em plataformas de videoconferência, apresentando um espectro diverso e plural de artistas que produzem sob as mais variadas linguagens e estéticas.

Saiba mais clicando aqui.

 

  • Literatura | Valéria Barcellos lança seu primeiro livro ‘TRANSRADIOATIVA’

“TRANSRADIOATIVA” narra as vivências e memórias de uma mulher trans negra. Da cantora e atriz gaúcha Valéria Barcellos, o livro é uma coletânea de crônicas sobre negritude e transexualidade escritas durante a luta contra o câncer.

 

  • Grupo Turucutá lança primeiro single ‘Nosso Ylè’

O grupo Turucutá acaba de lançar seu primeiro single, ‘Nosso Ylè’, já nas plataformas digitais. Em dezembro será lançado o clipe. “Nosso Ylè quer mostrar alegoricamente uma poética urbana carnavalesca. Seja pelas cores, por sua performance, ou pela certeza de manter vivo o sentimento do carnaval em cada um de nós”, afirmam os integrantes da batucada coletiva.
Saiba mais clicando aqui.

 

  • Ianaê Régia lança single, clipe e podcasts

A cantora e compositora Ianaê Régia lançou, em outubro, o single Devir, que vem acompanhado de clipe, em que a artista divide a direção e produção com Thiago Valentini. A música integra o projeto Devir: Conexão Corpo-Cidade, que conta com uma série de podcasts e é vencedor do edital FAC Digital RS. O filme Devir, inspirado em uma estética lo-fi, retrata cenas do cotidiano em período de distanciamento social. A canção, produzida por Ianaê, apresenta uma atmosfera introspectiva, nostálgica e intimista sobre a conexão entre corpo e cidade. O pianista Diego Schutz é quem executa, no single, a criação instrumental.

Saiba mais clicando aqui

 

  • Música | Rapper Cristal lança clipe de ‘Ambição’

 

A rapper Cristal, de 17anos, lançou o single e clipe de ‘Ambição’. A produção foi do paulista Nagalli.

Confira: https://www.youtube.com/watch?v=n8VDwSvkKuQ 

 

  • Literatura | Jeferson Tenório lança ‘O Avesso da Pele’

O avesso da pele é a história de Pedro, que, após a morte do pai, assassinado numa desastrosa abordagem policial, sai em busca de resgatar o passado da família e refazer os caminhos paternos. Com uma narrativa sensível e por vezes brutal, o escritor Jeferson Tenório traz à superfície um país marcado pelo racismo e por um sistema educacional falido, e um denso relato sobre as relações entre pais e filhos.

 

  • Literatura | Marcelo Martins Silva lança novo livro de poemas pela Diadorim, ‘A matéria inacabada das coisas’

"A matéria inacabada das coisas" é o segundo livro de Marcelo Martins Silva e reúne textos produzidos entre 2019 e 2020, posteriores a seu livro de estreia "o que carrego no ventre". O percurso pelos poemas demonstra, além do apuro técnico para construir uma linguagem própria, derivada de uma experiência do autor como uma pessoa capaz de assumir a sensibilidade como uma forma de compreender o mundo, uma grande paixão pela poesia, sentimento que transborda e emociona, mesmo quando expõe a carne viva dos dias.

 

  • Música | Fabiana Cozza lança álbum ‘Dos Santos’

Filha de Iemanjá e cria da Barra Funda, Zona Oeste da cidade de São Paulo, a cantora Fabiana Cozza, 44 anos, lançou o oitavo álbum de sua carreira. O trabalho chamado Dos Santos, reza em louvor da ancestralidade afro-brasileira e é classificado pela artista como um “manifesto poético antirracista melhor verbalizado, poético, musical, mas de cunho político”. 

São 19 faixas, a maior parte inédita e com maior participação de mulheres que, segundo Fabiana, têm ganhado cada vez mais espaço no samba, arte que continua menosprezada. “Muito lembrada no carnaval e esquecida fora dele”.

 

Ouça o álbum em: https://open.spotify.com/album/6HhJcF7yFhjgc0uSuPPMVa?autoplay=true 

 

  • Música | Cantoria Ariele lança EP ‘Ciclos’

O EP CICLOS traz em sua essência várias fases e estados. De espírito, de vida e de linguagem poética incorporadas em forma de música, na busca desse estado múltiplo de ser e sentir, traduzido em Ciclos que transpassam e incorporam vários gêneros musicais de herança preta. Ouça o álbum em: https://tratore.com.br/um_cd.php?id=24630 

 

  • Música | Grupo KIAI lança seu segundo álbum, gravado ao vivo em dois dias no Estúdio Pedra Redonda

Formado no extremo sul do país, mais precisamente na cidade de Rio Grande, o trio instrumental Kiai apresenta seu segundo álbum: KIAI II. O disco, que sucede ‘Além’, de 2018, foi gravado ao vivo em apenas dois dias, no estúdio da Pedra Redonda, na Zona Sul de Porto Alegre. Wagner Lagemann assina a produção, mixagem, masterização e manipulação de efeitos sonoros. 

 

Na Kiai, Marcelo Vaz (teclado/piano), Dionísio Souza (baixo elétrico/violão) e Lucas Fê (bateria) buscam mostrar em suas performances o quanto a música pode ser transformadora, despertar diferentes sensações, além de impulsionar uma profunda troca com o outro e com nós mesmos. 

 

Ouça o álbum em: https://open.spotify.com/album/679XWHOHV3EMnyoP7gTExa?si=XDSsbmXMQ_2GC-HrbB0M0A

 

Confira a entrevista que fizemos com o grupo em agosto deste ano: http://clandestina.com.br/conteudo/noticia/322/tres-perguntas-grupo-kiai 


 

  • Música | TR3$ R lança ‘Merce II’

Com produção de Cleitinho Records, TR3$ R, composta pelos rappers Mhasa, Yago San e HEINSENBLACK, lança 'Mercê II'. Confira o clipe aqui.

Conheça os músicos que compõem o grupo:
- Mhasa 

- Yago San

- HEINSENBLACK

 

  • Jordana Henriques lança ‘TRANSPARÊNCIA’, pelo selo Pedra Redonda 

Depois de Aquário, seu primeiro EP lançado em 2018, a cantora, violonista e compositora Jordana Henriques se despe dos instrumentos elétricos e num ato de valentia lança Transparência, seu primeiro álbum no formato voz e violão. Neste álbum inteiramente autoral, Jordana Henriques apresenta sete canções de forma orgânica na voz e no violão, todas gravadas ao vivo. Um dia, poucas horas e no máximo três takes de cada música foram o suficiente para captarmos o Transparência.

Ouça o álbum em: https://open.spotify.com/artist/3EZ5ckx9ySw6K1SCLzWvha?autoplay=true 

 

  • Dona Conceição lança o single e clipe de 'Azul'

‘Azul’ começou a ser traçada no Rio de Janeiro, influenciada pela linda paisagem carioca. Dona Conceição ficou impactado com o cenário do Rio e a música surgiu num sopro, em 2015. “O Rio de Janeiro é um lugar repleto de informações visuais marcantes e isso ajuda muito a compor. Fiz uma canção romântica e tempos depois encaminhei para a amiga e cantora Luciane Dom, que topou gravar comigo, com muito entusiasmo”, afirma o artista. “Eu entendi, com o passar dos anos, que Azul era mais que uma canção romântica, era sobre o afeto compartilhado através do tempo e também sobre a dimensão do afeto que só a passagem do tempo nos dá”, complementa.  

 

Saiba mais sobre ‘Azul’ aqui.


 

Compartilhe