07 de setembro de 2020

Adri A. lança financiamento coletivo do segundo volume da HQ Cara-Unicórnio

Livro reinventa narrativa de super-herói, desconstruindo clichês heteronormativos e inserindo protagonistas LGBTQIA+

Literatura

Texto: Mariana Moraes
Fotos: Divulgação

Em 2018, o ilustrador e quadrinista gaúcho Adri A. lançou a primeira edição da HQ Cara-Unicórnio. No livro, um jovem é picado por um animal radioativo e sofre uma transformação que o torna super-herói. A partir disso, passamos a acompanhar as aventuras do personagem metade rapaz, metade unicórnio para zelar pela segurança da sua vizinhança. A sinopse se assemelha a muitas narrativas conhecidas de super-herói, no entanto, Cara-Unicórnio vai muito além do que estamos habituados a encontrar nas histórias em quadrinhos. O livro reinventa a narrativa de super-herói, desconstruindo os clichês heteronormativos e tratando da diversidade ao inserir protagonistas LGBTQIA+ na trama. “Sendo um cara gay com uma produção autoral, é importante no meu trabalho promover representatividade LGBTQIA+ e abordar questões ligadas à diversidade. E eu faço isso buscando contar histórias que sejam divertidas, que dosam humor, sensibilidade e trazem muitas referências a super-heróis, filmes de terror e cultura pop em geral”, explica o autor. 

Com o sucesso da primeira edição, Adri A. lançou uma campanha de financiamento coletivo, via Catarse, para realizar a publicação do segundo volume da série Cara-Unicórnio. Segundo o ilustrador, a sequência apresenta um amadurecimento narrativo e artístico, evolução que se estende aos personagens da história. “Nos novos capítulos mais camadas são acrescentadas a elas (personagens), são desenvolvidas suas personalidades, suas relações, é mostrado mais do passado delas, seus segredos. O Volume 2 vai ter o senso de humor presente no Volume 1, mas também vai ter mais momentos emocionantes, reviravoltas, terror, muito mais romance e a estreia do sidekick do Cara-Unicórnio — ele não podia ficar sem seu próprio Robin, né?!”, conta Adri. 

A campanha de financiamento coletivo, que já ultrapassa 50% da meta, busca alcançar a arrecadação de R$ 18.000. É possível contribuir com valores de R$ 30 a R$ 830. Existem diversas recompensas: versão impressa e digital da obra, artigos como bolsa, ímã de geladeira, sketch e postal e até mesmo a possibilidade de se tornar um personagem em alguma futura edição do Cara-Unicórnio. “É importante que a mensagem de diversidade do Cara-Unicórnio fure a bolha, atinja outros públicos. E, no final das contas, a HQ é para qualquer pessoa que se interesse por uma história divertida, independente do gênero ou orientação sexual de quem vai ler”, ressalta o quadrinista. 

Em uma narrativa sobre crescimento, transformação e autodescoberta, Cara-Unicórnio abarca a diversidade em uma história recheada de humor, emoção e muita aventura. Para Adri, abordar as temáticas LGBTQIA+ em suas produções é essencial para a construção de uma sociedade mais igualitária e menos violenta. “A importância está em reconhecer que diferentes grupos da sociedade existem, importam e também podem viver as mais diferentes histórias, inclusive, histórias de super-heróis. Os quadrinhos também são um espaço a se ocupar, um espaço produtor de sentidos com potencial de afetar a realidade”, reforça o artista. 

Para apoiar e contribuir com a campanha de financiamento de Cara-Unicórnio Vol. 2, acesse a plataforma Catarse: https://www.catarse.me/caraunicornio2

 

Sobre o autor

Adri A. é um ilustrador e quadrinista que sempre amou desenhar e contar histórias. Quase se tornou publicitário e psicólogo, mas foi como ilustrador e quadrinista que se encontrou. Desde 2012, ele publica seus trabalhos nas redes sociais e em fanzines editados por ele mesmo. Em 2019, a primeira coletânea da série Cara-Unicórnio concorreu ao Troféu HQ Mix na categoria humor. O artista também já teve ilustrações e quadrinhos publicados por diversas editoras e coletivos.

Compartilhe
GALERIA DE FOTOS