19 de junho de 2020

Dia do Cinema Brasileiro: 54 documentários nacionais para assistir

Para celebrar este dia, com a ajuda dos curadores e colaboradores da Clandestina, montamos uma lista de documentários brasileiros para assistir durante o finde. 

Cinema

 Dia de ouro para os amantes da sétima arte. Nesta sexta, 19, comemora-se o Dia do Cinema Brasileiro. Com a internet, e o grande aumento de streamings, o acesso a filmes nacionais se tornou bem mais abrangente. 

O mestre em Ciências Sociais, Cláudio Almeida Silva Filho, comenta que a história da cinematografia brasileira está demarcada por conflitos, os quais se apresentam como representações da vida cotidiana dialogando de alguma forma com os anseios, desejos, concepções, perspectivas manifestadas pelo meio social. Para celebrar este dia, com a ajuda dos curadores e colaboradores da Clandestina, montamos uma lista com 54 documentários brasileiros para assistir durante o finde. 

Confira a lista abaixo:

  1. - Abolição 100 anos (1988), de Zózimo Bulbul
  2. - O Barato de Iacanga (2019), de Thiago Mattar
  3. - Guerras do Brasil (1988), Luiz Bolognesi
  4. - Quanto tempo o tempo tem (2014), de Adriana Dutra e Walter Carvalho
  5. - No intenso agora (2017), João Moreira Salles
  6. - Banco imobiliário (2016), de Miguel Antunes Ramos
  7. - Bixa Travesty (2018), de Claudia Priscilla, Kiko Goifman
  8. - Carmen - Bananas is my Business (1994), de Helena Solberg
  9. - A miss e o dinossauro (2005), de Helena Ignez
  10. - Conversas no Maranhão (1983), de Andrea Tonacci
  11. - Cartola música para os olhos (2007) , de Lírio Ferreira, Hilton Lacerda
  12. - Santiago, João Moreira Salles (2007), de João Moreira Salles
  13. - Janela da alma (2001), João Jardim, Walter Carvalho
  14. - Notícias de uma Guerra Particular (1999), de Kátia Lund e João Moreira Salles
  15. - ABC da Greve(1999), de Leon Hirzman
  16. - O Mercado de Notícias (2014), de Jorge Furtado,
  17. - Edifício Master (2002), Eduardo Coutinho
  18. - Jogo de Cena (2007), Eduardo Coutinho
  19. - Um dia na Vida (2010), Eduardo Coutinho
  20. - Ilha da Flores (1989), Jorge Furtado
  21. - Crítico (2008), Kleber Mendonça
  22. - Ventre Livre (1993), Ana Luiza Azevedo
  23. - Já vimos esse filme (2018), Boca Migotto
  24. -  Histórias que Nosso Cinema (não) Contava (2017), de Fernanda Pessoa
  25. - Vinicius (2005), de Miguel Faria Jr.
  26. - Estou me guardando para quando o Carnaval chegar (2019), de Marcelo Gomes
  27. - O renascimento do parto (2013), de Eduardo Chauvet
  28. - Elena (2012), Petra Costa
  29. - Um Lugar ao Sol (2009), de Gabriel Mascaro
  30. - Doméstica (2012), de Gabriel Mascaro
  31. - Pare, olhe, escute (2014), de Kátia Lund
  32. - Construindo Pontes (2017), de Heloísa Passos
  33. - Castanha (2014), de Davi Pretto
  34. - Mexeu com uma, mexeu com todas (2017), de Sandra Weneck
  35. - My name is Elza Soares (2014), de Elizabeth Martins Campos
  36. - Cidade Improvisada (2012), Alice Riff
  37. - O Segundo Encontro (2019), Veronique Ballot
  38. - Dona Helena, Dainara Toffoli
  39. - O Aborto dos Outros (2008), Carla Gallo
  40. - Vou Rifar meu coração (2012), de Ana Rieper
  41. - O caso do Homem Errado (2017), de Camila de Moraes
  42. - Reinvenção da Rua (2003), de Helena Ignez
  43. - Que bom te ver viva (1989), de Lúcia Murat
  44. - Entremarés (2018), de Anna Andrade
  45. - Arquitetura dos que Habitam (2018), de Daiana Rocha
  46. - Terra Deu, Terra Come (2010), de Rodrigo Siqueira
  47. - Tarja Branca, Cacau Rhoden (2014), Cacau Rhoden
  48. - Cabra Marcado para Morrer (1984), Eduardo Coutinho
  49. - Branco Sai, Preto Fica (2014), Adirley Queirós
  50. - Dê lembranças a todos (2018), Thiago Di Fiore, Fábio Di Fiore
  51. - Sertanias, Juliana Dametto Guimarães e Alexandre Roldão
  52. - Capital do Brega (2018), Produção da GloboNews
  53. - Uma noite em 67 (2010), Ricardo Calil, Renato Terra
  54. - Palavra (En) cantada (2008), de Helena Solberg
Compartilhe
GALERIA DE FOTOS