18 de março de 2020

10 museus ao redor do mundo para visitar virtualmente

Ação do Google Arte e Cultura permite conferir exposições de 500 museus espalhados pelo globo

Artes Visuais

Texto: Sarah Lima
Curadoria: Isadora Heimig

O Coronavírus chegou ao Brasil e, segundo secretarias estaduais de saúde, o país contabiliza 350 infectados em 17 estados e no DF. O último balanço oficial do Ministério da Saúde aponta 291 casos, e a primeira morte foi registrada no estado de São Paulo, na manhã de segunda-feira 17. Isso é um alerta. Este momento põe a prova a nossa solidariedade, não a percamos. A Revista Clandestina reafirma seu comprometimento com saúde pública e responsabilidade social e reforça àqueles que podem: fiquem em casa e saiam apenas para o que for absolutamente necessário. Sabemos que ser negado do convivio social pode ser bastante estressante, então, trazemos uma boa notícia:

O Google Arte e Cultura, com mais de 500 museus, está disponibilizando visitas virtuais a qualquer pessoa. Isso mesmo, a entrada num museu à distância de um clique, sem bilhete, sem fila, mas claro, através de uma tela.

É possível conferir os Girassóis pintados a óleo de Van Gogh no museu do pintor em Amsterdam. Também dá para (mentalmente) se transportar para 1665 quando o 'Moça com brinco de pérola', de Johannes Vermeer foi pintada. Essa medida é uma oportunidade para, além de conferir tuas obras favoritas, fugir da zona de conforto e apreciar novas pinturas, esculturas e demais preciosidades das artes visuais espalhadas pelo mundo.

Qual vai ser o museu escolhido para sua primeira visita? Confira abaixo a seleção que a Revista Clandestina compilou pra te ajudar a decidir:

1)        Museo Dolores Olmedo - Cidade do México, México
Esse museu tem em exposição ótimos trabalhos da Frida Kahlo, com a mostra ‘Frida Kahlo: eu pinto a mim mesma’, que é um convite a identificar Frida, a pintora, além da figura icônica, e entender o caminho que a levou a se tornar um símbolo da arte mexicana no mundo.

2)        Museu Mauritshuis –  Países Baixos  - Neste museu indicamos a exposição “A garota com brinco de pérola”, pintura mais famosa de Mauritshuis. Nela, é possível conferir detalhe a detalhe da obra partir de uma mediação escrita.

3)        MASP – Te indicamos conferir essa aqui do MASP que é bem #vaiBrasil reunindo obras da arte brasileira até 1900.

4)        Pinacoteca de São Paulo - Neste também tem uma mediação bacana com a obra “O Mestiço (1934)”, de Candido Portinari, onde traz diversos detalhes e as histórias por trás da obra icônica de Candido Portinari.

5)        Anne Frank House - Amsterdam, Países Baixos – Para quem já leu ‘O Diário de Anne Frank’ irá curtir ver as fotografias e concretizar a imaginação a partir das exposições

6)        Museu Nacional de Belas Artes – Brasil - o Museu Nacional de Belas Artes do RJ tem a exposição “"Coleção de Escultura: da República à contemporaneidade", de Rodolfo Bernardelli, com um compilado de esculturas que dialogam diretamente com a história do nosso país.

7)        The Lesbian, Gay, Bisexual & Transgender Community Center Artworks at The Center - EUA –  O The Center reúne diversos trabalhos contemporâneos do Centro Comunitário de Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgêneros da cidade de Nova York.

8)        Today Art Museum - China  - Este foi primeiro museu de artes visuais não governamental e sem fins lucrativos da China. tem várias opções legais para visitar. Uma boa dica é a obra "The Suspense” (2010) - de Chen Weinling que conta com uma medição que esmiúça cada detalhe da escultura.

9)        Palace of Versailles - França - Pra quem curte ciências e se aprofundar nas artes plásticas, o Palace of Versailles está com uma série de exposições que detalham a construção da arte francesa ao longo dos anos, desde a ciência, astronomia, descobrimento do mundo, geografia, etc.

10)      Johannesburg Art Gallery - Áfica- Esse museu da África do sul conta com uma exposição virtual sobre identidades de gênero e queer.

Compartilhe
GALERIA DE FOTOS