11 de fevereiro de 2020

Útimos dias pra conferir três exposições em Porto Alegre

Confira essa seleção especial que a Clandestina fez pra te ajudar a escolher em qual museu ir

Artes Visuais

Texto: Sarah Lima
Imagens: Divulgação

A Revista Clandestina traz um compilado de exposições que estão rolando desde o ano passado na Capital e que agora então na sua reta final. Confira abaixo:

A começar com a exposição coletiva "O Que Resta Após". A proposta curatorial articula vinte obras do Acervo da Pinacoteca Ruben Berta, duas obras da Pinacoteca Aldo Locatelli, trabalhos de treze artistas contemporâneos especialmente convidados para integrarem a exposição e, ainda, uma obra cedida pelo MACRS. A visitação é de segunda a sexta, das 10h às 12h e das 13h às 18h, até dia 13 de março. 

Outra boa pedida é a “Túlio Pinto — Momentum”. Nessa exposição, Túlio traz ao MARGS um conjunto de esculturas, objetos e instalações realizadas nesta década, incluindo alguns trabalhos inéditos. A curadoria é do diretor-curador da instituição Francisco Dalcol, que desenvolveu com o artista uma exposição profunda e intensa experiência a partir de uma ampla exposição de caráter escultórico e instalativo, destacando um conjunto de obras de grande porte e dimensões. A exposição fica nas Pinacotecas do Margs até o dia 22 de março.

Também há várias outras exposições no MARGS, por exemplo, "Mariza Carpes — Digo de onde venho”, que traz a público até o dia 15 de março, a obra da artista visual gaúcha, concentrando-se na sua produção mais recente — desenhos, assemblages e vídeos produzidos entre 2015 e 2019 —, além de contemplar objetos e alguns trabalhos anteriores.  O MARGS funciona de terças a domingos, das 10h às 19h.

E ainda tem muito mais eventos referentes a artes visuais, música, artes cênicas, cinema, ih, uma grande de variedade na aba 'Agenda', logo acima. 

Compartilhe
GALERIA DE FOTOS