28 de novembro de 2019

'Caçador', de Leonardo Sette, vence o Grande Prêmio Cine Esquema Novo

Raia 4, Aymberê, Rise e Swinguerra também foram premiados no encerramento do festival

Cinema

Texto: Mariana Moraes
Foto: Divulgação

 

Na noite de ontem (27), chegou ao fim mais uma edição do Cine Esquema Novo – Arte Audiovisual Brasileira. Um dos momentos mais esperados da noite foi a cerimônia de premiações que anunciou os melhores filmes da Mostra Competitiva Brasil, Mostra Outros Esquemas e a melhor curadoria da Mostra Audiovisual em Curso. O vencedor do Grande Prêmio Cine Esquema Novo, entregue à melhor produção da Mostra Competitiva Brasil, foi o filme “Caçador”, de Leonardo Sette. De acordo com o júri, composto pela realizadora Camila Leichter, a crítica de arte e curadora Gabriela Motta e o ator e diretor Silvero Pereira, "o filme transpira ambiguidades em todos seus planos: a caça, a lata, a lenha, o gás, o indígena, o homem branco em diálogos que potencializam existências". O vencedor recebeu o troféu criado pelo artista Luiz Roque, além de R$ 8 mil em locação de equipamentos de luz e maquinaria na Locall RS ou SP, R$ 10 mil em serviços no TECNA/PUCRS,  40h de edição de som, 12h de mixagem, 6h de foley e 4h de estúdio para dublagem no KF Estúdios.

Além do Grande Prêmio Cine Esquema Novo, o júri também elegeu os destaques da Mostra Competitiva Brasil. As produções selecionadas foram “Aymberê, de Duo Strangloscope, “Quando Elas Cantam, de Maria Fanchin, “O Mundo é Redondo pra Ninguém se Esconder nos Cantos - Parte I: Refúgio”, de Leandro Goddinho, “Rise e Swinguerra, de Bárbara Wagner e Benjamin de Burca, “A Rosa Azul de Novalis, de Rodrigo Carneiro e Gustavo Vinagre, e “Jogos Dirigidos, de Jonathas de Andrade.

O festival foi marcado por um forte tom político, principalmente pelas temáticas abordadas pelos filmes, como feminismo, política atual, colonialismo, identidade queer. “Não existe arte sem política (...). Em momentos de agressão pública contra tudo que é ambíguo, que é diverso, que busca não julgar, isso é ainda mais relevante. A gente quer estar nesse lugar, nessa discussão; isso é importante hoje e sempre”, destacou a jurada Gabriela Motta sobre o Cine Esquema Novo.

Também foi premiado na ocasião o filme “Raia 4”, de Emiliano Cunha, vencedor da Mostra Outros Esquemas. Já a Mostra Audiovisual em Curso premiou os melhores projetos de curadoria. A sessão da UFPEL (cursos de animação e audiovisual), que teve curadoria de André Berzagui, Emmanuelle Schiavon Melgarejo, Lucas Honorato Cordeiro, Rowan Romeiro, Rubens Fabrício Anzolin e Victória Deniz, foi a vencedora. Os ganhadores das duas mostras foram eleitos por júri popular. O vencedor da Mostra Outros Esquemas recebeu prêmios da Locall e TECNA/PUCRS, já os ganhadores da Mostra Audiovisual em Curso foram contemplados com bolsas de cursos da Fluxo - Escola de Fotografia e Cinema.

Além das premiações, a cerimônia de encerramento exibiu duas produções: o filme “Breve Miragem de Sol”, Eryk Rocha, e o vídeo-manifesto “Experimentar é resistir”, produzido pela diretoria 2019 da APTC-RS em parceria com o Cine Esquema Novo. Em diálogo com o jogo dadaísta do cadáver esquisito, a entidade convida os realizadores do festival para compor uma só voz em defesa do audiovisual brasileiro.

 

Com atividades na Cinemateca Capitólio Petrobras, Goethe-Institut Porto Alegre, Hub Criativa Birô, Laboratório de Fotografia IA/UFRGS e Teatro Quilombo das Artes Utopia e Luta, o Cine Esquema Novo 2019 apresentou quatro mostras, Rodadas de Negócios, duas oficinas e seminário. A curadoria foi de Gustavo Spolidoro, Jaqueline Beltrame, Ramiro Azevedo e Vinicius Lopes.

Mostra Competitiva Brasil - Grande Prêmio Cine Esquema Novo 2019 

"O filme transpira ambiguidades em todos seus planos. A caça, a lata, a lenha, o gás, o indígena, o homem branco em diálogos que potencializam existências."

CAÇADOR, de Leonardo Sette

 

Prêmio Destaque Cine Esquema Novo 2019 - vencedores

Prêmio: A IMAGEM QUEIMA

"Experiência audiovisual que foge da tela e invade o espaço, transformando a sala de cinema em um ambiente cinético. A proposta associa a queima do negativo com a violência contínua à ancestralidade instaurando a possibilidade de invenção de outros modos de existência."

AYMBERÊ, de Duo Strangloscope

 

Prêmio: COMO INFECCIONAR O SISTEMA

"O filme opera uma transcendência do espaço de confinamento através da experiência estética."

QUANDO ELAS CANTAM, de Maria Fanchin

 

Prêmio: EXPERIÊNCIA AUDIOVISUAL NO ESPAÇO EXPOSITIVO

"A associação entre narrativa e as imagens possibilita uma construção de outras viagens ao lado do personagem."

O MUNDO É REDONDO PRA NINGUÉM SE ESCONDER NOS CANTOS - PARTE I: REFÚGIO, de Leandro Goddinho

 

Prêmio: TEMPORALIDADES TRANSVERSAIS

"A música num processo de desconstrução de gêneros e afirmação de existências. A força da arte num processo coletivo. As relações binárias desconstruídas de corpos dissidentes, violentados, alegres e unidos."

RISE e SWINGUERRA, de Bárbara Wagner e Benjamin de Burca

 

Prêmio: PRIMEIRO PLANO

"Como construir a narrativa de um documentário a partir da ficção considerando o cinema como um lugar da experiência onírica."

A ROSA AZUL DE NOVALIS, de Rodrigo Carneiro e Gustavo Vinagre

 

Prêmio: A FALA DO CORPO

"A experiência como filme, processo e vivência entre."

JOGOS DIRIGIDOS, de Jonathas de Andrade

--

Prêmio do Público da Mostra Outros Esquemas

média 4,73

RAIA 4de Emiliano Cunha

 

Prêmio do Público da Mostra Audiovisual em Curso

média 4,34

Melhor Sessão: UFPEL - ANIMAÇÃO E AUDIOVISUAL, curadoria de André Berzagui, Emmanuelle Schiavon Melgarejo, Lucas Honorato Cordeiro, Raquel Romeiro, Rubens Fabrício Anzolin e Victória Deniz


Números do CEN 2019

8 filmes premiados

Sessão da Mostra Audiovisual em Curso premiada

4 mostras

33 filmes selecionados para Competitiva Brasil

9 projetos dirigidos por grupos ou duos (Mostra Competitiva Brasil)

12 realizadoras (Mostra Competitiva Brasil)

29 realizadores (Mostra Competitiva Brasil)

produções assinadas por brasileiros no exterior (Mostra Competitiva Brasil)

28 filmes em exibição na Cinemateca Capitólio

sessões com acessiblidade

1 performance

4 filmes na galeria do Goethe-Institut Porto Alegre

1 seminário

25 projetos selecionados para as Rodadas de Negócios

25 sessões em sala de cinema

oficinas 

Compartilhe
GALERIA DE FOTOS